PUBG: entenda o cenário competitivo do jogo Battle Royale - warrockforfun

Header Ads

Social Media Exchange Website - Likenation

PUBG: entenda o cenário competitivo do jogo Battle Royale

O PlayerUnknown's Battlegrounds, ou PUBG, é um jogo lançado em 2017 que chegou a superar,no mesmo ano, o número de jogadores ativos de GTA 5 no Steam. No início de julho o site Ars Technica revelou que PUBG é o terceiro jogo do Steam com maior número de jogadores, quase 37 milhões. Porém, mesmo com todo esse sucesso, apenas agora PUBG está entrando com força no mundo dos esports. Confira os detalhes da situação do game no cenário competitivo mundial.


Como são organizadas as competições

Por estar nos estágios iniciais de organização, o competitivo de PUBG ainda não tem um  modelo estabelecido, feito a divisão por temporadas de Rainbow Six: Siege e CS:GO, ou os splits de League of Legends. O mais perto disso é a Global Loot League, que está na segunda temporada. Por outro lado, vários eventos já foram realizados, alguns em torneios bastante conhecidos. Confira os principais:



Gamescom PUBG Invitational (2017): disputado por 18 times nos modos solo, duo e squad. Com US$ 180 mil (cerca de R$ 698 mil) em prêmios, a vitória no modo squad foi da Luminosity;
IEM Oakland PUBG Invitational (2017): disputado por 20 times no modo squad. Com premiação de US$ 200 mil (cerca de R$ 776 mil), a vitória foi da against All Authority;
IEM Katowice PUBG Invitational (2018): formado por 16 times em modo squad, o torneio teve US$ 50 mil (em torno de R$ 194 mil) em prêmios. A vitória foi da equipe AVANGAR;
StarSeries i-League (2018): disputado por 16 times em modo squad. Com US$ 100 mil (R$ 388 mil) em premiações, a vitória foi da FaZe Clan;
PGL PUBG Spring Invitational (2018): campeonato com 16 times, em modo squad. Com US$ 100 mil (R$ 388 mil) em prêmios, a vitória foi da Ghost Gaming;
DreamHack PUBG Showdown Austin (2018): disputado por 16 times. Com US$ 100 mill (R$ 388.1 mil) em prêmios, a vitória foi da FaZe Clan.


O PUBG Global Invitational 2018

Outro passo importante dado em prol do competitivo de PUBG foi o surgimento do torneio PUBG Global Invitational (PGI) 2018, com uma estrutura próxima a de um mundial. Com qualificatórias realizadas nos cinco continentes, foram definidos os 20 times irão disputar o evento principal entre 25 e 29 de julho em Berlim, na Alemanha. Além do título, estará em jogo a premiação de US$ 2 milhões (mais de R$ 6 milhões, em conversão direta). A final latino-americana aconteceu em São Paulo, e foi vencida pelos argentinos da Savage Esports.

Atualmente, mais de 80 organizações possuem times de PUBG espalhados pela Europa, Ásia, Oceania, América do Norte e América do Sul. Entre os nomes mais conhecidos do fã de esports estão: Natus Vincere, FaZe Clan, Ninjas in Pyjamas, PENTA Sports, Cloud9, Evil Geniuses, OpTic Gaming e Team Liquid. A América do Sul marca presença com times feito Isurus Gaming, Team Secret e uma verdadeira invasão de times brasileiros.

O Brasil no PUBG
O Brasil possui atualmente 15 times de PUBG: FK Team, Encore e-Sports, Cooldown E-Sports, Brazilian Crusaders e-Sports, Black Dragons e-Sports, Battalion e-Sports, Invictus Team, Furia eSports, Guardians Imperium E-Sports, game0wners, TEAM agaX, Team Wild, SG e-sports, ProGaming Esports e 1v9. Um dos destaques é a Black Dragons, campeã da Copa IGN de PUBG e vice das qualificatórias latino-americanas do PGI.


Nenhum comentário