Paypal e PUBG irão punir vendedores de cheats - warrockforfun

Header Ads

Social Media Exchange Website - Likenation

Paypal e PUBG irão punir vendedores de cheats

Desde muito tempo temos ouvido falar de pessoas ou empresas que são especializadas em vender cheats, códigos de trapaça, para games online, principalmente os multiplayer. 
A PUBG Corporation se uniu com o Paypal, sistema de pagamentos online para congelar as contas desse tipo de fornecedor de trapaça.

A empresa criadora de um dos games multiplayer de maior sucesso do último ano vem trabalhando em soluções para reduzir a força dessa indústria criminosa desde o ano passando, incluindo o uso de softwares anti-cheat. Resultado disso foi o banimento de mais de 13 milhões de jogadores que usavam essa “vantagem competitiva” ou até mesmo para criar coisas mirabolantes dentro do jogo. Alguns receberam até mesmo multas, que chegaram na casa dos milhões de dólares.
Um dos casos mais famosos aconteceu com o streamer Michael “Shroud” Grzesiek, que contou com a ajuda de um hacker para criar algumas funcionalidades “divertidas” dentro do jogo, que davam a ele uma forma de vencer as partidas com maior facilidade. O uso da “mão amiga” foi descoberto porque o próprio jogador transmitiu tudo ao vivo na Twitch. Ao que tudo indica ele só recebeu a suspensão temporária, e não uma multa como tantos outros.
Após receber a suspensão da conta no Paypal, uma das maiores empresas no ramo de venda de cheats se pronunciou falou o seguinte:
“Estamos com o PayPal há 12 anos vendendo fraudes não detectadas para jogos multiplayer, mas eles decidiram bloquear nossas contas e congelar nossos ativos por 180 dias. Curiosamente, enquanto muitos dos nossos clientes reclamam que não estamos disponíveis no PayPal, todos se inscreveram no Coinbase, Kraken e BitPay para poder comprar os nossos produtos. Nesse ritmo, estamos convertendo cerca de 7.000 a 9.000 jogadores por mês para criptomoedas”.
De forma provocativa, a tal site ainda afirma que o volume de vendas aumentou, fazendo com que a PUBG fique ainda mais preocupada em relação à veracidade da vitória dos jogadores em seus servidores. Pode ser que isso não tenha passado de uma forma de instigar a desenvolvedora do jogo, mas isso acabou sendo um “tiro no pé”.
A PUBG Corporation já anunciou que até o dia 10 de novembro estará disponibilizando uma atualização que ajudará a aumentar as barreiras de segurança do game, bem como novas ferramentas anti-cheat. Outras produtoras devem seguir o mesmo caminho, como a Epic Games, que deve implementar esse sistema em Fortnite.
Para saber mais: https://www.tudocelular.com/seguranca/noticias/n131877/pubg-se-une-ao-paypal-e-bane-vendedores-de-cheats.html
#PUBG #CHEAT

Nenhum comentário