PUBG: Brazilian Crusaders se classifica para GLL Grand Slam - warrockforfun

Header Ads

Social Media Exchange Website - Likenation

PUBG: Brazilian Crusaders se classifica para GLL Grand Slam

A terceira temporada da ESL LA League de PlayerUnknown's Battlegrounds (PUBG) chegou ao fim na última sexta-feira (28). A equipe Brazilian Crusaders foi a grande campeã do torneio, e superou times como Bitloft e FURIA Esports na tabela de classificação. Com o resultado, a Brazilian Crusaders levou o prêmio de R$ 9 mil e carimbou o passaporte para o GLL Grand Slam: PUBG Classic, Major da categoria que acontece em Estocolmo, na Suécia, entre os dias 19 e 21 de julho.

A competição foi a última chance de uma equipe brasileira se classificar para o evento mundial da categoria, que reunirá os melhores times da América Latina, América do Norte, Europa e Oceania e terá US$ 300 mil (R$ 1,1 milhão em conversão direta) em prêmios. Da América Latina, já estavam classificadas a Team Singularity e a Bitloft, campeã e vice-campeã respectivamente da LATAM Masters Grand Finals.


Fortnite e PUBG: veja bugs que já atrapalharam torneios de Battle Royales
LA League de PUBG contou com uma vaga para o GLL Grand Slam e uma premiação total de R$20 mil — Foto: Reprodução/ESL


Final da LA League


A Brazilian Crusaders conseguiu fazer uma excelente campanha na terceira temporada da LA League. Após dominar as duas primeiras semanas, os brasileiros começaram a ver a FURIA os argentinos da Bitloft como ameaças. No entanto, a Brazilian Crusaders levou o título antes mesmo da última queda da semana final, quando alcançaram a pontuação de 231. A FURIA ainda se saiu vitoriosa na última queda, mas não havia mais tempo para alcançar a BRC, que encerrou a competição com 244 pontos no total.

A Bitloft foi vice-campeã novamente, com 199 pontos, e a FURIA, com 182 pontos, fechou o pódio da competição. Além disso, a Brazilian Crusaders teve um dos integrantes de sua line up como MVP do campeonato. O jogador Andrey "and1FPS" Henrique foi destaque e fechou a competição com 44 abates dos 133 totais da BRC e com uma média de 368 de dano.


Números finais do MVP AND1 ao final da competição — Foto: Reprodução/bblesports


GLL LATAM Masters



A GLL LATAM Masters foi a primeira fase da LATAM PUBG Pro Series (LPPS), circuito oficial de PUBG na América Latina. O torneio aconteceu entre os dias 7 e 9 de junho e contou com as mesmas 16 equipes que estiveram na LA League. O torneio deu duas vagas para o GLL Grand Slam e ainda contou com a premiação total de US$ 50 mil (R$ 193 mil).


A campeã foi a Team Singularity, equipe que conta com argentinos e um uruguaio na line up. O time manteve uma boa regularidade e fechou a competição com 156 pontos. A segunda colocação foi bem mais acirrada, com a Bitloft e as brasileiras FURIA Esports , Black Dragons e-Sports e PRONETAGEM na briga. No final, os argentinos da Bitloft levaram a melhor. Nenhuma equipe brasileira se classificou para o Grand Slam pelo campeonato.


Classificação final da GLL LATAM Masters — Foto: Reprodução/PUBG Brasil


O GLL Grand Slam: PUBG Classic, o segundo Major da temporada competitiva do Battle Royale. Além das equipes da Brazillian Crusaders, Team Singularity e Bitloft representando a América Latina, a competição ainda contará com outras 13 equipes, sendo três da Oceania, cinco da América do Norte e cinco da Europa.

Nenhum comentário