A pandemia mundial de coronavirus (COVID-19) movimentou e muito a indústria de games. Com pessoas em casa por mais tempo, mais o consumo digital aumentou. Assim, os games também possuem um alcance maior do que o normal, alcance esse que alguns títulos e empresas já estão usando para conscientizar seus players sobre o coronavírus. Três dos maiores desenvolvedores de games do Reino Unido passarão a adicionar ads orientando a população a permanecer em casa.

"Stay at Home, Save Lives"

Candy Crush Saga, Dirt Rally 2.0, Farm Heroes Saga e Sniper Elite 4 são alguns dos games que começam a exibir mensagens temáticas de conscientização ao COVID, "Stay home. Save lives.", ou "Fique em casa, salve vidas", como o slogan inicial da campanha.
Se trata de um esforço conjunto das desenvolvedoras com o governo britânico para manter as pessoas em casa enquanto a OMS (Organização Mundial da Saúde) trabalha em campanhas de distanciamento social. O game Dirt Rally 2.0, para Ps4, Xbox One e PC, já começou a exibir essas mensagens para o mercado britânico. Somente esse game possui uma base de players na classe dos milhões, fazendo com que a campanha tenha grande alcance.
"Nós percebemos que a tecnologia que usamos dentro de nossos games que permite atualizar os banners dentro do ambiente virtual possibilitaria ajudar nos esforços de comunicação sobre o coronavirus", afirmou o vice-presidente da Codemasters, desenvolvedora de Dirt Rally 2.0, Toby Evan-Jones.
Já a Activision Blizzard, que publica Candy Crush Saga, também planeja incluir esses anúncios e mensagens sobre o COVID em outros games da desenvolvedora. Além disso, também doaram mais 230 espaços de publicidade digital em Londres para exibir mensagens de saúde pública.
Enquanto isso, o estúdio Rebellion, que publica série de games de PS4 e PC Sniper Elite, está publicando essa mensagem em conjunto a links relevantes governamentais a respeito de saúde pública na tela inicial para jogadores no PC, no laucher do game e dentro nas telas de carregamento dentro do jogo para ambas plataformas. "Sabemos o quão fundamentalmente benéficos estão sendo vídeo games como Sniper Elite e Strange Brigade e continuarão a ser para nós durante esse período extraordinário", afirmou o co-fundador da Rebellion, Jason Kingsley. "E faz total sentido publicarmos importantes mensagens sobre a saúde pública enquanto mantemos nossos fãs entretidos na segurança de suas casas", completa o desenvolvedor.
A inclusão do game Dirt Rally 2.0 da Codemasters nesse programa coincide também com sua chegada no pacote da Playstation Plus, o que deve dar ainda mais visibilidade para o game e consequentemente para a campanha de saúde. A Activision Blizzard também espera que milhões de jogadores vejam os ads em seus games, que além de Candy Crush Saga, inclui também Farm Heroes Saga. A Activision Blizzard também andou promovendo campanhas contra o coronavírus em suas redes sociais.

Tendência mundial nos games

Mas a iniciativa não se restringe ao Reino Unido e tampouco a somente essas desenvolvedoras. Para além desse programa governamental britânico, outros jogos mobile, de consoles e de PC promovem suas próprias mensagens de conscientização e iniciativas para incentivarem jogadores a ficarem em casa enquanto também promovem seus próprios games. O jogo mobile Dragon Quest Monster Super Lite, da Square Enix, disponível nos mercados orientais bonificou seus jogadores com gemas premium para incentivar seus players a ficar em casa jogando.
Outro exemplo é o MMORPG Albion Online, que disponibilizou em múltiplos mercados, o brasileiro incluso, um pacote especial de itens in-game cujos fundos serão destinados à Organização Mundial de Saúde para o combate ao COVID-19. Demais iniciativas que iniciaram internacionalmente também deverão chegar ao Brasil.
Em tempos difíceis de pandemia, é importante ressaltar novamente para que fiquem em casa, que se mantenha o distanciamento social e que sigam com padrões de higiene reforçados, principalmente na lavagem constante e minuciosa das mãos. Ficar em casa jogando vídeo-games nunca foi tão recomendado quanto agora!